25 coisas que não são tão perigosas como você imagina

0
152

Nem tudo que dizem ser perigoso e extremamente nocivo é de fato tão ruim assim para nossas vidas. É prudente, no entanto, saber que algumas atividades ou ações que tomamos podem nos trazer problemas, mas muitas vezes não há necessidade de entrar em pânico.

Destacamos, no entanto, que essa lista feita pelo site List25 não incentiva nem sugere que você deva tentar reproduzir algum dos itens presentes.

Confira:

25 – Doces de Halloween

Se você já participou de uma comemoração do Halloween, pedindo doces de casa em casa, provavelmente já ouviu falar que esses doces podem ser perigosos, já que as pessoas podem, por exemplo, envenená-los. No entanto, isso é apenas uma lenda urbana, motivada por algumas tentativas de religiosos no sentido de desmotivar o Halloween. No entanto, é sempre prudente cuidar o que suas crianças estão comendo, mas não há motivo para tanto pânico do Halloween.

24 – Carona

De acordo com estatísticas do FBI, os riscos de sofrer um assalto, assédio ou outro crime durante uma carona, são bem baixos. Isso vai na direção contrária da velha máxima de que não devemos pegar caronas com estranhos. Claro que é necessário bom senso para não se colocar em situações perigosas sem necessidade, mas talvez não seja necessário ser tão paranoico assim.

23 – Anarquia

Quando alguém diz a palavra ‘anarquia’, muitos pensam em confusão, mortes, loucura geral – mas não é bem assim. A anarquia é simplesmente a ausência de governo, permitindo, utopicamente, uma liberdade total para os indivíduos. É importante perceber que os seres humanos viveram desta forma durante muitos anos de sua história, até que os governos fossem implementados. Para os que defendem esse tipo de organização social, as pessoas não sairiam pelas ruas matando, roubando e causando mal para os outros simplesmente porque não há mais lei.

22 – Ficar sem combustível ou enfrentar uma falha geral no motor durante uma viagem de avião

Ficar sem combustível ou enfrentar uma falha geral no motor em um avião pode não ser tão ruim como Hollywood nos sugere. A menos que esteja sobre a água, muitas vezes a aeronave consegue planar por um tempo e fazer uma aterrissagem forçada no solo. Pode não ser a melhor sensação do mundo, e por vezes o avião pode acabar batendo, mas existem muito mais sobreviventes desses casos do que você imagina.

21 – Mudança climática

De acordo com muitos cientistas e pesquisadores, a mudança climática não é tão imediatamente perigosa. O clima na Terra sempre esteve mudando, e nossa espécie se adaptou a essas mudanças. Obviamente, não podemos tolerar atividades industriais que prejudiquem o meio-ambiente sem nenhuma preocupação com o nosso planeta, mas talvez não exista motivo para tanta histeria sobre o assunto.

20 – Comer carne de porco crua

Muitas pessoas possuem medo de comer carne de porco mal cozidas ou cruas (ingrediente principal para alguns pratos exóticos). Esse temor vem principalmente pelo risco de contrair a Trichinella Spiralis, um parasita que pode ser encontrado em animais como porcos e seres humanos.

Caso um porco se alimenta de restos de carne, pode acabar contraindo o parasita – que, por sua vez, pode chegar até você caso você se alimente deste porco sem cozinhar adequadamente a carne. Entretanto, atualmente as indústrias e fazendas de grande porte costumam tomar mais cuidado na hora de alimentar seus animais. Os porcos, nesses casos, não comem mais “qualquer coisa”. Muitas vezes, sequer recebem carne em sua dieta.

Por isso, tendo certeza de que o animal veio de uma procedência confiável, pode não ser tão terrível assim comer aquele prato exótico que você tem tanta curiosidade.

19 – Deixar as crianças brincarem sozinhas na rua

De acordo com estatísticas dos Estados Unidos, crimes contra crianças que saem para brincar não são tão comuns assim para se afirmar que não é seguro deixá-las sair de casa. Mais uma vez, é necessário bom senso e entendimento sobre o lugar onde você mora, já que os riscos podem variar de um lugar para o outro. Mas de maneira geral, esta paranoia de impedir as crianças de brincar na rua pode acabar sendo prejudicial para elas.

18 – Explodir o tanque de gasolina

Seu tanque de gasolina dificilmente explodirá em um acidente de carro. Ele também provavelmente não vai explodir mesmo se você atirar nele. Esse é um medo que Hollywood, bem como os videogames, implantaram em nossa cabeça. A gasolina líquida queima, mas seu ponto de inflamação é muito alto. Para entrar em combustão, ela precisa evaporar e se misturar com oxigênio.

Mesmo assim, é prudente permanecer longo do seu carro e tirar as pessoa de dentro dele caso haja um princípio de incêndio. Os pneus, por exemplo, podem explodir e liberar gases extremamente nocivos.

17 – Colocar coisas na boca

Se você tem crianças em casa, provavelmente vive pedindo para que não coloquem as coisas na boca, pois podem estar sujas e transmitir doenças. No entanto, a verdade é que elas vão acabar colocando, e talvez você nem perceba. E isso é que faz com que elas desenvolvam seu sistema imunológico.

Alguns objetos muito sujos podem até transmitir algumas doenças caso colocados na boca, mas provavelmente não colocarão a vida da sua criança na boca.

16 – Tubarões

Os tubarões têm muito mais motivo para ter medo de seres humanos, do que nós deles. Por ano, cerca de 23 a 70 milhões de tubarões morrem nas mãos de seres humanos. A maioria desses animais serve para a produção de sopas, principalmente no continente asiático, onde o prato é uma especialidade.

Os filmes e videogames nos fizeram temer os tubarões, mas na verdade, se nós os respeitarmos e tomarmos o cuidado de não invadir seu espaço, não temos muito a temer.

15 – Fazer malabarismo com fogo

Brincar com fogo, nesse caso, só é perigoso se você não souber o que está fazendo. Apresentações com fogo são parte da cultura de vários lugares há muitos anos. Como qualquer atividade, precisa ser praticada com algumas precauções e respeito pelo que se está fazendo.

14 – Pitbull

Qualquer cachorro tem potencial para ser perigoso, até mesmo um Chihuahua ou Golden Retriever. No entanto, os Pitbulls receberam uma reputação muito ruim nos últimos anos, por supostamente serem mais agressivos e perigosos que outros cães. Além disso, os Pitbulls são populares em competições ilegais de lutas entre cães.

Mas, na verdade, tudo depende do carinho e do tratamento que o cão recebe, e não devemos julgá-los por sua raça, e sim por seus méritos individuais.

13 – Escorpiões

Existem cerca de 1500 espécies de escorpiões, e apenas 25 delas são capazes de ser fatais para seres humanos. Claro que uma picada de escorpião sempre é dolorida, e algumas podem doer por mais de 24 horas. No entanto, é equivocado pensar que qualquer escorpião pode matar.

Responder