5 corpos que se mantiveram intactos após centenas de anos

0
114

Todo mundo sabe o que acontece naturalmente com nosso corpo após a morte. Ele vai apodrecer e se decompor, se transformando em alimento para bactérias. Mas nem sempre esse é caso. Sob condições certas, alguns corpos podem ficar praticamente intactos.

1. Santa Zita de Lucca.

Ela morreu em 1272, mas seus restos mortais estão sendo exibidos na Basílica de San Frediano em Lucca, Itália. O corpo foi mumificado na época e assim está hoje 700 anos após a sua morte.

2. “A Donzela”.

Clique aqui para ver a imagem 

Os restos mortais dessa jovem inca foram achados em 1999, na Cordilheira dos Andes. As baixas temperaturas do local ajudaram a preservar o corpo por centenas de anos. Cientistas descobriram que ela foi drogada e morta por um golpe na cabeça durante uma cerimônia religiosa. O corpo possui mais de 500 anos.

Use o menu abaixo para continuar vendo o post

Responder