5 fatos que só os gamers mais antigos vão se identificar

0
123

1 – Gráficos não eram tão importantes assim

Há alguns anos, quando a tecnologia não permitia gráficos tão realistas quanto os modernos, eles não faziam tanta falta assim. Alguns jogos, como Tibia, Ultima Online e Runescape fizeram grandes sucesso no ramo dos MMORPG’s (onde hoje em dia os gráficos contam muito) sem grandes recursos nesse quesito. Além disso, os mais antigos talvez tenham lembranças de jogos muito simples de consoles como o Atari, por exemplo. Tão simples que hoje em dia são facilmente jogados em flash em praticamente qualquer computador.

2 – A exigência dos jogadores era muito menor

Para exemplificar esse tópico, vamos usar como exemplo os jogos de futebol. Os que tiveram a oportunidade de jogar clássicos como “Pelé”, para Atari, sabe como era “quadrada” a mecânica do jogo. Alguns anos depois, o International Super Star Soccer conquistava o público apaixonado por esporte com gráficos e jogabilidade revolucionária (mais ainda muito distante da tecnologia atual). Escudos, nomes e clubes fictícios faziam parte da rotina dos games, e a maioria dos fãs sequer se importava com isso. As faces eram todas iguais, e os uniformes eram apenas pixels coloridos. Hoje em dia, um cabelo diferente do real ou alguma distorção na forma como o atleta se move dentro de campo já é suficiente para gerar uma série de reclamações sobre os games.

3 – Era muito mais emocionante jogar com os amigos

Se hoje em dia você acha o máximo reunir alguns amigos no Skype para jogar League of Legends, possivelmente nunca organizou uma noite com um grupo de amigos para jogar juntos, pessoalmente. Normalmente acompanhados de comes e bebes, essas jogatinas sempre rendiam muitas gargalhadas e momentos de muita diversão – além de ser uma grande forma de confraternizar com os amigos. Até alguns anos, era comuns também as reuniões em Lan Houses, nos famosos “corujões”, onde grupos de amigos se reuniam para virar a noite jogando jogos como Counter Strike, por exemplo.

4 – Multiplayer só na mesma máquina

Se tratando de vídeo-games, o multiplayer online é algo muito recente. Quem já era gamer há 10 anos provavelmente lembra que para se divertir junto com um amigo era necessário que ambos estivessem na mesma máquina. Muitos jogos de computador, inclusive, faziam com que os amigos tivessem de dividir o teclado em dois (WASD e setas direcionais), o que transformava o jogo muitas vezes em uma divertida bagunça.

5 – Nostalgia de lado, hoje em dia tudo é melhor

Tirando o fato de que as reuniões físicas ainda são a opção mais divertida, ainda que menos comum, tudo melhorou no mundo dos games. Lembrar do passado com certa nostalgia pode ser bom, mas também é necessário admitir que as coisas mudaram para melhor e hoje em dia é muito mais divertido passar horas na frente do computador ou video-game.

Responder