A arte sem rosto de Seth Globepainter

0
149

Outro dia mesmo você já deve ter visto impressionantes murais dando vida a muros e prédios abandonados. A vida então não era apenas pelo tom das cores ou pelo próprio desenho em si, mas pela cultura e questionamentos que a arte de rua traz para o cinza das cidades.

O artista francês Julien Malland, mais conhecido como Seth Globepainter, faz esse tipo de intervenção e se aventurou pelo mundo para deixar sua marca: geralmente figuras humanas sem rosto, em sua maioria crianças.

Muitas vezes desenhadas até as bordas dos muros e das paredes, as figuras realmente interagem com o ambiente ao redor. E se você olhar bem, parecem estar sempre contando uma história: elas olham para além dos espaços e mostram alguma coisa que os olhos não podem ver.

Em sua biografia, Globepainter conta que viaja pelo mundo para trocar experiências com artistas de diferentes culturas para expandir os seus horizontes sobre a vida e o estilo de pintura de murais.

E ao entrar em contato com essas culturas, ele passou a desenhar personagens mais simples, mas que de alguma forma estão ligados ao ambiente caótico do qual fazem parte. Com essa perspectiva, o trabalho do artista celebra tradições, ao mesmo tempo em que “testemunha o resultado da globalização”, como consta em seu site.

Vaitunanaa,Taiti 

1

2

Shangai, China

Arezzo, Itália

Fengjing, China

crédito das imagens Seth Globepainter

Responder