A mãe teve que quebrar a perna de sua filha mais de 300 vezes. Essa foi a razão

0
157

Não há nada que uma mãe não faça para seus filhos. Mas Jackie, uma mulher de 28 anos, teve que ir muito além. Ela fraturou propositadamente 300 vezes a perna esquerda de sua filha. Para a família de Michigan, EUA, não foi fácil. A pequena Elsie nasceu com uma rara deficiência que impediu que seu quadril se formasse como deveria. Médicos procuraram maneiras de corrigir os ossos, mas a única maneira possível seria se alguém fraturasse a perna da garota 3 vezes por dia durante 4 meses.

Se a mãe não quebrasse a perna 3 vezes ao dia usando um sistema de parafusos, os médicos teriam que amputá-la. Jackie decidiu aceitar a tarefa para que sua filha pudesse se desenvolvesse bem.

A perna esquerda da menina só tinha crescido até a altura do joelho direito, por isso os médicos interviram e estenderam até atingir o nível normal.

Além disso, os médicos reconstruíram seu quadril, tornozelo e joelho. Para concluir o tratamento, a mãe devia ativar manualmente o sistema mecânico que separava o fêmur da tíbia.

O processo era doloroso, mas Elsie conseguiu resistir e provou ser uma menina muito corajosa…

“Nós perguntamos se valia a pena submeter nossa filha à tanta dor. No final, nós sabíamos que era a decisão certa. Elsie queria a melhor vida possível”.

Mesmo com sedativos, o procedimento era doloroso e Jackie se sentia desesperada ao ver sua filha sofrer.

Felizmente tudo acabou bem e sua filha teve o comprimento da perna esperado.

Agora ela é uma menina sem nenhum problema físico. Sua coragem merece aplausos!

Via: Upsocl, DailyMail

Responder