Acidentalmente, cientistas encontram navio naufragado nos EUA

0
158

Enquanto procuravam por uma ancoragem na costa da Carolina do Norte, pesquisadores descobriram uma naufrágio repleto de artefatos bem preservados, que podem datar da época da Revolução dos Estados Unidos.

Um escaneamento realizado por um sonar na área pelo robô submarino autônomo Sentry, revelou uma linha escura e uma área esfumaçada. Os cientistas acreditavam que se tratava da ancoragem de uma expedição de 2012, que eles estavam procurando.

Entretanto, um mergulho no local mostrou que se tratava de algo ainda mais surpreendente. “Nosso achado acidental ilustra as recompensas, o desafio e as incertezas de trabalhar no fundo do oceano”, disse o líder da expedição, Cindy Van Dover, diretor do laboratório marinho da Universidade de Duke. “Nós descobrimos um naufrágio, mas, ironicamente, a ancoragem perdida não foi encontrada”.

O navio repousa no Oceano Atlântico, próximo à Corrente do Golfo, onde muitas outras embarcações acabaram naufragando. “O achado é emocionante, mas não inesperado. Tornados potentes afundaram uma série de embarcações nessa região”, disse James Delgado, diretor do Programa de Patrimônio Marinho, da Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA.

Junto com os restos da embarcação, os pesquisadores perceberam a presença de uma série de artefatos, incluindo tijolos vermelhos, que podem ter feito parte da quilha; nove garrafas de vidro, possivelmente de cerveja ou vinho e madeiras do navio. “Nós trouxemos uma das garrafas para a superfície e entregamos ao Museu Marítimo da Carolina do Norte, para que fosse estudada”, disse David Eggleston, diretor do Centro de Ciências Marinhas e Tecnologia do Estado da Carolina do Norte. Para Eggleston, a descoberta mais empolgante da embarcação foi uma ferramenta de navegação chamada de sextante.

Cientistas do Programa de Patrimônio Marinho acreditam que a embarcação pertença ao século 18 ou 19, ainda que mais estudos tenham de ser realizados para ter mais exatidão na data. [LiveScience]

Responder