Aparentemente, queimar NH4Cr2O7 com HgSCN abre um portal para o inferno

0
221

De todas as reações químicas que cobrimos dentro dos últimos meses, a filmada abaixo provavelmente leva o prêmio para a mais insana e, possivelmente, a mais assustadora. Após a pilha de reagentes ser acesa, ela parece começar a ter tentáculos rastejando para fora de um portal para o inferno.

Na realidade, o que está representado no vídeo abaixo são duas reações: a decomposição de dicromato de amônio e a reação de combustão de tiocanato de mercúrio (II).

O pó laranja é dicromato de amônio e quando o calor é introduzido, ele forma o gás nitrogênio, água e óxido de amônio (III), que é o pó escuro que se parece com o vulcão que você vê.

Obs.: Clique na engrenagem e clique em “desativar notificações” para uma melhor visualização do vídeo.

O que parece ser tentáculos é, na verdade, o que acontece quando o calor é introduzido ao tiocanato de mercúrio (II). O sólido branco se expande quando é aquecido até se tornar uma massa escura devido à sua decomposição de nitreto de carbono. Além disso, o dióxido de enxofre e de mercúrio (II) também produz sulfureto. A reação é adequadamente apelidada de “Serpente do Faraó” e foi vendida em lojas como fogos de artifício até que as pessoas perceberam que é tóxico.

Responder