Árvores afetam positivamente a saúde, diz estudo

0
156

Viver perto de árvore pode melhorar a sua saúde? É isso que pesquisadores queriam descobrir quando iniciaram um estudo, recentemente, para analisar o assunto. A pesquisa indicou que os moradores de áreas urbanas com maior arborização se diziam mais saudáveis, e tinham menos condições cardiometabólicas, como doenças cardíacas e diabetes.

Alguns estudos já abordaram o tema, mas poucos analisaram a relação individual de cada árvore com a saúde humana. Então, os pesquisadores deste novo estudo decidiram quantificar o quanto uma árvore, em uma rua, pode aprimorar a saúde de um indivíduo.

Eles coletaram dados de 31 mil adultos residentes em Toronto. Entre os dados coletados, estavam condições cardiometabólicas, renda, anos de educação e a percepção pessoal da saúde. Os pesquisadores combinaram esses dados com imagens de satélite e dados públicos de 500 mil árvores em Toronto.

O estudo, publicado na ‘Scientific Records’, descobriu que o plantio de 10 ou mais árvores em uma quadra de uma cidade melhora a avaliação de saúde das pessoas que vivem por ali.

O coautor Marc Berman disse ao ‘Washington Post’ que, depois de levar em consideração a renda, idade e educação, o estudo encontrou um efeito independente das árvores na saúde.

Os pesquisadores escolheram Toronto para esse estudo pois como os residentes se beneficiam com os planos de saúde universal do Canadá, todos tem o mesmo acesso à médicos. Entretanto, isso não elimina os efeitos da renda, já que aqueles com rendas menores têm uma tendência inferior a procurar médicos e especialistas em relação aos mais abastados, diz o estudo.

Apesar do estudo mostrar uma correlação entre a presença de árvores e a saúde dos indivíduos que moram nas redondezas, ele não mostra causa-efeito. Os cientistas ainda não conseguiram explicar o motivo pelo qual as árvores afetam positivamente a saúde das pessoas.

Novos estudos devem ser realizados a partir dos dados já obtidos. [IFLScience]

Responder