‘Cidade flutuante’ é vista sobre os céus da China

0
122

Recentemente, a China parece ser a terra de acontecimentos estranhos, desde acidentes bizarros até cidades fantasmas nas nuvens. Agora, uma nova “cidade flutuante” foi vista esse mês em Dalian, que é um importante porto na província de Liaoning.

De acordo com jornais locais, milhares de pessoas viram a cidade flutuante durante um nevoeiro e, naturalmente, o evento despertou a imaginação coletiva. Pessoas acreditando em uma falha na Matrix, universos paralelos se chocando ou a NASA testando o “Projeto Blue Beam: .

Veja:

Todavia, a explicação é bem mais simples, e envolve um raro tipo de miragem chamado Fata Morgana, que é basicamente uma ilusão de ótica causada por condições climáticas específicas dobrando raios de luz (parece que a China tem uma tendência em ter esse tipo de fenômeno). Isso acontece quando o Sol aquece uma camada da atmosfera, mas a camada inferior continua fria. Com essa diferença, um gradiente de temperatura é criado, bem como diferentes densidades entre as camadas.

Ao atingir o limite entre essas duas camadas, a luz solar é dobrada (refratada), entrando na camada seguinte em um ângulo diferente. Nosso cérebro não está programado para reconhecer esse tipo de ilusão (nem as câmeras), portanto, quando a luz o atinge, o cérebro pensa que ela viajou em um caminho reto, isto é, percebemos o objeto (no caso, a cidade), estando no lugar onde ela estaria caso a luz viajasse em linha reta e não refratada, ou seja, percebemos a cidade bem mais alta do que ela realmente está.

Ilusões do tipo, apesar de raras, não são novidades. Acredita-se que a Fata Morgana é a explicação por trás do lendário navio fantasma Holandês Voador, bem como castelos flutuantes que enganavam marinheiros. [ViralNova, IFLScience]

Responder