Cientistas criam colírio capaz de curar a catarata

0
282

Testes preliminares chegaram a uma conclusão que pode ajudar milhões de pessoas ao redor do mundo. Cientistas desenvolveram um colírio que remove a catarata sem necessidade cirúrgica. O teste foi realizado em um cachorro, mas já é grande passo para testes em humanos.

O resultado ganha ainda mais relevância quando nos deparamos com o quadro atual nos tratamentos de cataratas. A única forma de curar a doença é através de cirurgia. Ou seja, esse colírio, a base de lanosterol, pode evitar que dezenas de milhões de pessoas vão às mesas de cirurgias nos próximos anos.

Os cientistas descobriram que o lanosterol é capaz de impedir o aglutinamento das proteínas que formam a catarata. Os primeiros testes foram realizados com cachorros com catarata em decorrência de causa natural. Depois de seis meses tratando, a doença estava diminuindo.

Esse colírio pode ser usado tanto como método preventivo, como tratamento para cura, uma vez que durante os testes ele foi usado das duas formas obtendo sucesso em ambos os testes, informaram os autores do experimento.

As cirurgias atuais de catarata ainda são muito caras, o que para muitas pessoas torna a doença praticamente incurável. Em países onde o governo oferece a cirurgia através do sistema público, essa pode ser uma ótima alternativa para diminuir gastos.

O próximo passo da pesquisa é descobrir se o lanosterol é de fato a única molécula capaz de repelir o aglutinamento da proteína que causa a catarata, ou se existem outras. Mas fato é que as pessoas podem ter uma boa perspectiva, afinal, a catarata é responsável por metade das cegueiras em todo o mundo.  [MedicalExpress]

Responder