Confira esse drone que aprendeu a desenhar

0
229

O laboratório de Mídia do MIT criou o “Pantógrafo Voador” um tele-robô com caneta em punho controlado por uma interface de desenho. O Grupo da MIT constatou que:

Este drone tornou-se um “agente de expressão” modificado para carregar uma caneta e ser controlado por movimentos humanos, em seguida, realiza um processo real de desenho em uma parede vertical. Não só imitando mecanicamente um artista humano, o drone desempenha uma parte crucial de expressão com a sua própria dinâmica de movimento e inteligência e seu software adiciona nova linguagem visual para a arte. Esta agência fez uma forte ligação entre um artista humano e a tela, no entanto, ao mesmo tempo é uma desconexão programática deliberada que oferece espaço para explorar a estética da máquina como um núcleo.

Responder