Conheça Frankie, o cachorro capaz de detectar câncer com uma precisão incrível

0
190

Frankie, um pastor alemão treinado, provou ser capaz de detectar o câncer de tiróide com uma taxa de precisão de 88% – uma taxa apenas um pouco menos precisa do que o método de detecção geralmente praticado tradicionalmente.

Donald Bodenner, MD, PhD, chefe de oncologia endócrina da Universidade de Arkansas para Ciências Médicas (UAMS), e seu colega Arny Ferrando, PhD, explicam que um pastor alemão chamado Frankie reconhece o cheiro de câncer no tecido tireoidiano. Alegaram que Frankie foi o primeiro cão capaz de “diferenciar doenças da tireóide pelo cheiro da urina de uma pessoa.” E o puseram para provar isso.

Os médicos realizaram um ensaio clínico, coletando amostras de urina de 34 pacientes durante as primeiras visitas à clínica da universidade. Os pacientes foram submetidos a biópsias e patologia cirúrgica dos nódulos tireoidianos suspeitos.

Conheça Frankie, o cachorro capaz de detectar câncer com uma precisão incrível

Após resultados da patologia cirúrgica de cada paciente – diagnosticado o câncer de tireóide em 15 pacientes e doenças da tiróide benignas em 19 – 34 amostras de urina foram apresentadas ao Frankie para um teste.

Com a ajuda de seu treinador, Frankie cheirou cada amostra, uma por uma. Deitava-se para indicar que ele detectava o câncer e simplesmente virava-se para indicar que uma amostra era benigna.

Examinando os resultados do teste de Frankie, os médicos descobriram que o cão tinha avaliado com precisão 30 das 34 amostras de urina. Frankie tinha identificado corretamente quase 87% dos cancros da tiróide – e identificou corretamente que 89,5% das amostras eram benignas. No geral, o canino mostrou uma taxa de acerto de 88,2.

Os cães têm, pelo menos, 10 vezes mais receptores olfativos do que os seres humanos. Cientistas acham que Frankie pode ter ainda mais do que a média.

O Dr. Bodenner explicou que o estudo de Frankie, que será apresentado na próxima reunião anual da Sociedade de Endocrinologia, em San Diego, pode abrir novas portas na detecção do câncer de tireóide.

“Procedimentos diagnósticos atuais para o câncer de tireóide muitas vezes produzem resultados incertos, levando a procedimentos médicos recorrentes e um grande número de cirurgias de tireoide realizadas desnecessariamente”, explicou Dr. Bodenner. “Caninos treinados podem ser usados por médicos para detectar a presença de câncer de tireóide em um estágio inicial e evitar a cirurgia, quando injustificada.”

Embora a detecção de doenças através de cães não seja uma prática comumente utilizada, muitos já sabem da capacidade dos cães de detectar uma variedade de doenças potencialmente fatais, incluindo cânceres, através do cheiro. Uma organização sem fins lucrativos no Reino Unido, chamada Medical Detection Dogs, é dedicada ao treinamento de cães para detectar o cheiro humano de uma variedade de doenças. Apesar de seus sucessos incríveis, eles dizem que uma “falta de financiamento” está retardando o seu progresso. [Diply]

Responder