Costa de Hong Kong brilha em um azul misterioso e brilhante

0
207

Na noite de 22 de janeiro, as águas da costa de Hong Kong brilhavam em um azul intenso e misterioso. Era um fenômeno incrível conhecido como bioluminescência. No entanto, esta exposição mágica, causada pela proliferação de um dinoflagelado microscópico chamado Noctiluca scintillans, foi provocada por algo menos inspirador: a poluição ambiental.

Noctiluca brilham quando eles estão perturbados, razão pela qual o fenômeno é principalmente visível nas margens, onde há mais movimentação de ondas. Esta coloração é causada pelo escoamento agrícola, adubos e outros produtos químicos levados de terra para o mar pela chuva. O Noctiluca se alimenta desses produtos químicos e não são tóxicos, mas outros organismos semelhantes são, e o amoníaco que eles excretam como lixo pode ajudar a tornar as toxinas liberadas por outros microorganismos ainda piores.

Estudos recentes mostram o resultado dessa bela exibição é catastrófico para a vida marinha.

No entanto, para os fotógrafos dispostos a passar a noite fazendo fotografias de longa exposição está uma oportunidade de verdadeiramente especial!

As fotos são magníficas. É extremamente lamentável que a tonalidade azul misteriosa e majestosa seja criada por um Noctiluca. Confira:

Costa de Hong Kong brilha em um azul misterioso e brilhante 1 Costa de Hong Kong brilha em um azul misterioso e brilhante 4 Costa de Hong Kong brilha em um azul misterioso e brilhante 2 Costa de Hong Kong brilha em um azul misterioso e brilhante 3

Responder