É possível ficar drogado cheirando chocolate?

0
245

Uma nova mania incomum surgiu em pistas de dança em todo o mundo ao longo dos últimos dois anos. Na tentativa de ficar drogado sem quebrar quaisquer leis ou colocar substâncias perigosas em seus corpos, os foliões se voltaram para cheirar chocolate.

A tendência parece ter se originado em Berlim, onde o cacau em bruto era servido em eventos no lugar de álcool ou outras drogas ilícitas convencionais. Mais recentemente, vários locais em toda a Europa e EUA começaram a oferecer a substância na forma de pó, comprimidos ou como uma bebida.

Considerando que possui propriedades “divinas”, as sementes da árvore de cacau eram usadas frequentemente durante os rituais e cerimônias de civilizações pré-colombianas, como maias e astecas, a fim de elevar os participantes a um estado de êxtase – o que, em muitos aspectos, é exatamente o que está acontecendo agora.

Exatamente como o cacau eficaz é “drogar” as pessoas ainda não é sabido, embora exista uma série de razões pelas quais isso pode funcionar. Para começar, ele contém endorfinas, bem como um produto químico chamado tirosina, que é um precursor para a dopamina. Uma vez que tanto as endorfinas quanto a dopamina são neurotransmissores naturais conhecidos por induzir sentimentos de prazer, não é surpreendente que as pessoas têm relatado que cheirar chocolate ajuda a elevar o seu humor.

O cacau também é rico em antioxidantes, como a epicatequina, que aumenta o fluxo sanguíneo para o cérebro e os músculos, dando às pessoas um estímulo físico que poderia ajudá-las a dançar por mais tempo. A epicatequina também protege os neurônios e melhora a função cognitiva, ou seja,  uma opção preferível do que outras substâncias como a cocaína e MDMA.

Naturalmente, para que a droga funcione, é preciso estar o mais pura possível, e não deve conter leite ou açúcar. Isso significa que apenas o cacau puro irá fazer o truque, e é improvável que colocar uma barra de chocolate ao leite no seu nariz irá trazer algum efeito, além de bloquear suas vias respiratórias.

No entanto, como ainda não há estudos mostrando os malefícios da prática, não é uma boa sair por aí atrás de cacau bruto para cheirar. [IFLScience]

Responder