É verdade que gomas de mascar engolidas levam 7 anos para sair do nosso corpo?

0
121

Um dos mitos que nossos pais fazem questão de nos passar quando somos mais jovens é de que as gomas de mascar levam sete anos para digerir em nosso organismo. No entanto, será mesmo que isso é verdade, ou apenas um folclore?

De acordo com o gastroenterologista pediátrico David Milov, da Clínica da Criança em Orlando, diz que as evidências mostram que isso é apenas um folclore, que tem muito pouca base em fatos reais.

“Se a lenda fosse verdadeira, isso significaria que todas pessoas que engoliram uma goma de mascar nos últimos sete dias teriam evidência do chiclete em seu trato digestivo ao realizar uma colonoscopia e endoscopias. No entanto, os resultados raramente mostram presença de gomas de mascar – e quando mostram, elas não estão a mais de algumas semanas por ali”.

Outro gastroenterologista, Rodger Liddle, da Escola de Medicina da Universidade de Duke, diz que praticamente nada é capaz de ficar tanto tempo no trato digestivo. “Nada poderia durar tanto tempo em nosso sistema digestivo, a menos que seja alguma coisa tão grande que acabe presa no intestino”.

De acordo com os especialistas, alguns dos componentes das gomas de mascar, como os adoçantes e corantes são quebrados pelo organismo e digeridos. O problema é que grande parte da composição das gomas é resistente ao nosso sistema digestivo, fazendo com que o chiclete passe lentamente pelo intestino. No entanto, as contrações normais realizadas por nosso intestino acabam se livrando da goma de mascar, fazendo com que ela saia praticamente intocada do nosso corpo.

Entretanto, isso não quer dizer que possamos engolir gomas de mascar de forma habitual, como se fosse seguro. De acordo com Milov, engolir chiclete de forma crônica pode causar problemas, já que as gomas podem acabar se tornando uma “bola de neve” de outras substâncias no intestino, acabando por causar constipações e necessitando intervenções cirúrgicas. [ScientificAmerican]

Responder