Essas 11 fotos paradoxais revelam uma triste ironia sobre o mundo

0
107

O mundo não para, e as pessoas continuam mudando. Mas, ao mesmo ritmo em que a modernização acontece, muitas vezes também esquecemos a história. Basta olhar para trás para saber que a situação atual de refugiados da Síria não é a primeira vez que acontece no mundo e, provavelmente, não será a última.

Durante o auge da Segunda Guerra Mundial, milhares de refugiados fizeram exatamente a mesma rota que as pessoas na Síria estão fazendo hoje para fugir de conflitos. 

Mas, em vez de se mudaram para Europa, 70 anos atrás, eram os próprios europeus que estavam fugindo de seus países, que eram na época a parte mais mortal do planeta. 

Em 1944, organizações que davam alívio e abrigo começaram a se estabelecer na Síria, Egito e Palestina. Ir até lá era a única maneira de escapar do conflito sangrento e mortal.

Milhares de pessoas de todas as idades e classes sociais empreenderam uma longa viagem à Síria e países ao redor, com a promessa de ficar em um lugar seguro até a guerra terminar.

Estas fotografias foram colorizadas por Sanna Dullaway para oferecer uma visão ainda mais surpreendente dessa evacuação em massa.

É um lembrete para as pessoas que procuram a sua própria segurança e de suas famílias. É a oportunidade de abrir os braços a outros seres humanos.

 

Responder