Estas fotos chocantes nos mostram qual é o verdadeiro custo da guerra

0
147

Estas imagens simplesmente não têm censura.

A guerra muda a vida das pessoas, especialmente aqueles que a viveram na pele. O fotógrafo americano David Jay quer quer que saibamos a dura realidade vivida por soldados na guerra, e é por isso que, há três anos, ele retrata os jovens veteranos da guerra no Iraque e no Afeganistão feridos que voltaram para casa.

Nestas fotos podemos encontrar pais, homens jovens que estavam na beira da morte, e agora nos mostram, sem escrúpulos ou vergonha, as marcas de seu corpo ferido.

Ele é Jerral Hancock, uma bomba atingiu durante a condução de um tanque no Iraque.

Bobby Bernier teve mais do que 60% de seu corpo queimado devido ao impacto de tiros. Na foto ele está com sua filha Layla.

Daniel Burgess perdeu a perna por causa de uma bomba.

Em 15 de novembro de 2011, Michel Fox foi atingido por um dispositivo explosivo em uma patrulha a pé no Afeganistão.

Em 2011, Nicholas John Vogt perdeu as pernas depois de ser atingido por um dispositivo explosivo no Afeganistão. De acordo com Vogt, a  “perda do membro é como perder um bom amigo, nós gostaríamos de permanecer com eles, mas isso não está dentro das possibilidades”.

Cedric King foi gravemente ferido por um dispositivo explosivo no Afeganistão, sofrendo uma infinidade de feridas internas e externas, e perdeu ambas as pernas.

Em 19 de fevereiro de 2007, o sargento Shilo Harris estava com quatro soldados quando uma bomba o atingiu. Ele sobreviveu com outro parceiro.

Eu espero que estas imagens nos ajudem a tomar consciência do caos e do impacto da guerra na sociedade e lutemos juntos por um mundo mais pacífico.

Responder