Explorador quer viver em um iceberg até que ele derreta

0
184

O explorador Alex Bellini planeja ir até a Groenlândia e escolher um iceberg para viver sozinho durante um ano, ou até que ele derreta – o que vier primeiro. Ele irá levar equipamentos eletrônicos e alimentos desidratados para colocar em sua cápsula de sobrevivência, que servirá de habitação, além de um barco salva-vidas, para depois que o iceberg derreta. Ele ficará à deriva no oceano em sua cápsula de 4 metros de diâmetro até que chegue em terra firme.

A intenção de sua aventura, além da possível atenção da mídia e patrocínio monetário, é descrever como o aquecimento global está afetando a velocidade com que o gelo derrete nas regiões mais setentrionais do globo. Ele vê sua jornada no iceberg como um símbolo de toda a humanidade à deriva em nosso planeta. Para começar, ele precisa encontrar um iceberg plano com cerca de 60 por 20 metros.

Um de seus maiores desafios será a forma de manter-se ocupado durante os dias longos e solitários. Fisicamente, não haverá muito a se fazer, especialmente nas temperaturas frias de -20ºC. Ele pretende ler, participar de um programa de psicologia on-line com sua esposa, e testar equipamentos técnicos.

Surpreendentemente Bellini pensava em passar a vida como banqueiro, quando ele estava na escola em Milão, em seus primeiros vinte anos. Mas a ideia se tornou tão desagradável que ele fugiu para o Marrocos para correr uma maratona no deserto do Saara em 2001.

Esse foi o início de muitas aventuras, incluindo uma corrida de remo no Oceano Atlântico, em 2005, e no Pacífico em 2011. Ele também correu de Los Angeles até Nova York em pouco mais de dos meses em 2011. Os patrocinadores corporativos investem em suas façanhas como uma maneira de anunciar suas marcas. Para ajudar a pagar as contas, ele ocasionalmente trabalhou como palestrante motivacional.

Para sua aventura no iceberg, Bellini quer patrocinadores sustentáveis, que não poluam o planeta. Isso faz parte da sua ideia de aumentar a conscientização do público sobre as alterações climáticas – principalmente aquecimento global. [KnowledgeNuts]

Responder