Metade da energia da Europa deverá ser renovável em 2030

0
202

Os países da União Europeia traçaram metas ousadas para o ano de 2030: ter pelo menos 27% do seu consumo total de energia proveniente de fonte renováveis. A informação foi divulgada pelo ‘The Guardian’. Entretanto, a meta de 27% não é estática, se as tendências de energia continuarem do jeito que estão agora, possivelmente 50% da eletricidade europeia virá de fontes renováveis. Além disso, a UE também quer diminuir em 40% as emissões de gases de efeito estufa em comparação com os níveis de 1990.

Existem, atualmente, planos para reformular redes de energia no continente europeu, para lidar com tais metas para o ano de 2030. Isso implicará no abastecimento de eletricidade a partir de outras fontes além da queima de carbono, como a energia solar ou eólica, por exemplo. Os planos atuais devem ser suficientes para alcançar a meta de 27%, mas para chegar em 50%, a UE teria de acelerar as coisas.

No entanto, nem tudo são flores. A União Europeia possui metas, também, já para o ano de 2020, quando pelo menos um quinto da oferta energia deve partir de fontes renováveis. Mas nem todos os países da união estão a caminho de cumprir tal objetivo. Seriam estes países a França, Holanda e Reino Unido, de acordo com Oliver Joy, da Associação Europeia de Energia Eólica, que cedeu entrevista ao ‘The Guardian’.

Por outro lado, a Alemanha já estabeleceu, no ano passado, um recorde de abastecimento de 50,6% da sua energia a partir de energia solar. A Costa Rica, por sua vez, passou os primeiros 75 dias de 2015 utilizando apenas energia renovável.

Mas para que o mundo possa funcionar de uma maneira mais saudável para todos, é importante que cada país faça a sua parte. [IFLScience]

Responder