O estranho caso da mulher que viajou com o intestino de seu marido na bagagem

0
136

Sinceramente, sinto que um dos momentos mais embaraçosos da minha vida foi quando eu estava voltando de férias e descobri que havia uma nota escrito “notificação de inspecção de bagagem” sobre a minha mala.

Ugh, alguém acabou de ver todas as minhas roupas sujas.

Essa história é, obviamente, mil vezes pior. Estou tentando entender aqui, mas essa história é realmente bizarra.

Recentemente, uma mulher não identificada foi parada no aeroporto de Graz, na Áustria, depois de descobrirem que ela estava carregando um pedaço de intestino de seu falecido marido em sua mala.

Aparentemente, as vísceras estavam embaladas em dois recipientes separados. Só podemos imaginar a reação dos trabalhadores.

No entanto, a razão pela qual essa mulher estava viajando com partes do corpo do marido morto era porque ela acreditava que seu sogro o havia assassinado.

O casal visitou recentemente a família da mulher em Marrocos, e eles desaprovavam seu casamento. Ela suspeita que isso é motivo suficiente para que os sogros de ter envenenado seu marido.

Um médico marroquino concordou que a morte era realmente suspeita e lhe pediu para trazer seu intestino de volta para a Áustria para ser reexaminado.

Atualmente, o órgão está sendo testado em Graz em um instituto de patologia, sob os cuidados do patologista Gerald Höfler.

Ele acredita na história da mulher por causa do quão cuidadosamente o médico marroquino embalou o intestino, já que este parecia ser um caso de assassinato.

Ele disse ao New York Times: “Imagino que isso foi feito por um patologista. Estava absolutamente seguro, triplamente embalado, de acordo com as normas da União Europeia.”

A polícia também está do lado da mulher, e ela não foi acusada de nenhum crime, pois não é contra a lei trazer entranhas para o país. No entanto, o caso ainda está sendo investigado pela polícia. [EliteDaily, NYTimes]

Responder