Pessoas que choram em filmes são mais fortes emocionalmente

0
170

“Aqueles que não choram, não veem.”

Quem não chorou com o final de um filme dramático? Quem não derramou algumas lágrimas ao ver que a história de amor se tornou realidade?

Quem não chorou quando viu a morte de Mufasa?

Ouso dizer que todos, ou pelo menos a maioria, que chora em filmes é rotulada como “fraca”, principalmente os homens. E a verdade é que ao chorar quando vemos uma história que nos identificamos não nos torna fracos, mas o oposto.

Um homem não vai ser menos homem se chorar com um filme, tampouco uma mulher será mais fraca se fizer o mesmo. De jeito nenhum. De fato, alguns estudos afirmam que pelo menos 92% das pessoas afirmam ter tido vontade de chorar durante um filme. Outros estudos também mostram que a ficção ou qualquer outra categoria ajuda a melhorar a empatia com as pessoas,  ao “entrar na pele dos personagens” e se identificar com a história.

A empatia nos faz melhor e mais forte

Da mesma forma, aqueles que tem empatia com outras histórias de vida se tornam mais abertos a compreender os outros. Podemos pensar melhor e até adotar conselhos para enfrentar a vida, se necessário. E, aparentemente, tudo tem a ver com o funcionamento do nosso cérebro, porque quando vemos filmes muito emocionais, nosso corpo libera oxitocina , que atua como um neurotransmissor no cérebro, e nos ajuda a se conectar com os outros e nos torna seres humanos mais compreensivos e amorosos

É por isso que você não deve ter vergonha de rir ou chorar durante um filme. Isso só vai fazer bem para o seu cérebro e tornará mais forte emocionalmente, porque nós aprendemos a gerir as nossas próprias emoções.

Responder