Poluição do ar mata 3 milhões de pessoas por ano

0
195

De acordo com um estudo recente publicado na ‘Nature‘, mais de 3 milhões de mortes prematuras são causadas todo ano por conta da poluição do ar. Os pesquisadores, liderados porJos Lelieveld, do Instituto Max Planck de Química, em Mainz, na Alemanha, estimam que 3,15 milhões de pessoas morreram em 2010 pela exposição a partículas finas do ar. Além disso, 150 mil morreram por conta da poluição da camada de ozônio.

Essas mortes estão em adição com as 3,54 milhões associadas à poluição interna dos ambientes, a maioria causada pela utilização de combustível sólido.

Juntos, a poluição interna e externa rivalizam com o cigarro como maior fator de risco para morte. Grande parte da ‘culpa’ disso fica na Ásia, particularmente na China e na Índia. Estima-se que a China contribua com 1,36 milhões dessas mortes por poluição do ar, ou cerca de 40% do total – resultado da sua elevada população e áreas urbanas densamente povoadas.

As partículas finas de poluição – compostas por partículas com menos de 2,5 micrômetros de diâmetro – vêm de uma ampla variedade de fontes: tráfego, indústria, agricultura, geradores adiesel e biocombustíveis domésticos. Além disso, são produzidas também por fontes naturais, como tempestades de poeira e incêndios florestais.

Na China e Índia, a principal fonte de partículas finas é o consumo de energia residencial para cozinhar e se aquecer. Nos EUA, a maior fonte é o tráfego rodoviário e a agricultura (que é a principal fonte também da Europa).A exposição a esse tipo de poluição pode causar acidente vascular cerebral e doenças cardíacas. No entanto, em alguns casos a poluição está ligada também a mortes por doença pulmonar obstrutiva crônica, infecções respiratórias agudas em crianças e jovens e câncer de pulmão.

Caso não exista ações por parte dos governos do mundo inteiro para reduzir esses impactos, os pesquisadores acreditam que até 2050 esses números possam dobrar. [IFLScience]

Responder