Quais sons fazem você se sentir seguro em público?

0
188

Quando você era criança, com certeza tinha o sonho de ser algum super herói, seja para ter a força do Super Homem ou ter o sensor de aranha do Spider Man. Mas o que poucos sabem é que temos, inconscientemente, um poder semelhante ao de Peter Parker. Cientistas americanos descobriram que através do som, podemos sentir que determinados lugares são mais perigosos que outros.

Já reparou que quando você está andando sozinho em um estacionamento público, estação de metrô ou sozinho em uma rua deserta, você fica mais alerta e tem a sensação de que aquele lugar é perigoso? Os cientistas do Laboratório de Marketing Sensorial na Ross School de Michigan descobriram que locais sem som de vozes humanas ou com poucos ruídos instigam o cérebro humano a ficar mais alerta.

Dwight F. Benton Krishna, professor de Marketing da Universidade que realizou o estudo, fez o experimento em uma cidade que, provavelmente, você diria que não há tantos riscos: Paris. Ele foi até uma garagem na Champs Élysées e testou o ambiente de três formas diferentes. Na primeira com uma música instrumental clássica, outra com canto de pássaros e a última sem som algum. O resultado mostrou que quem ouviu o canto dos pássaros se sentiu mais seguro que nas outras opções.

Essa percepção reflete não só na sensação de segurança da pessoa e em mensagens cognitivas do cérebro, mas também no mundo de negócios e em pontos de venda. Em outro teste realizado, dessa vez mostrando um vídeo de uma estação de metrô, os cientistas colocaram como trilha de fundo sons humanos, canto dos pássaros, músicas instrumentais e nenhum som, e passaram a fazer uma série de perguntas para entender em qual situação eles comprariam o bilhete.

Como resultado, as pessoas escolheram a trilha de sons humanos e a de sons de pássaros como as mais seguras. Os cientistas explicam que as duas opções transmitem uma sensação mais social e dá mais conforto a segurança humana. [Phys.org]

Responder