Quer ficar milionário? Resolva um desses problemas

0
225

Com o colossal avanço da tecnologia nas últimas décadas, é surreal imaginar que ainda existem problemas matemáticos sem solução.

E para tentar solucionar esses problemas de uma vez por todas, o Instituto Clay de Matemática, nos EUA, está oferecendo 1 milhão de dólares (o equivalente a mais de 3,7 milhões de reais na cotação atual) para cada gênio que resolver um dos 6 Problemas do Milênio.

Até o momento, apenas o matemático russo Grigori Perelman conseguiu obter a solução para um dos prêmios em 2003, mas surpreendentemente, ele rejeitou o prêmio em dinheiro. Ele resolveu a a Conjectura de Poincaré, o que valeu a medalha Fields, conhecida como o Nobel da Matemática.

Os Problemas do Prêmio Millennium foram lançados em 2000, e consistem dos maiores problemas matemáticos não-solucionados. O objetivo do Instituto é mostrar as pessoas que a matemática ainda é um campo aberto, apesar de tantos avanços.

Se você é um gênio e gosta muito de matemática, pode se arriscar a resolver um dos outros seis problemas sem solução, e de quebra ficar milionário.

Um deles é a hipótese de Riemann, envolvendo uma questão sem solução sobre números primos e descoberta em 1859 por Bernhard Riemann.

O “P versus NP” é um problema relacionado à ciência da computação. Um problema NP é aquele com uma resposta fácil de verificar, e um problema P é um cuja resposta é fácil de encontrar. Pode parecer simples, mas todo o problema gira em torno de saber se existe ou não um problema que é fácil para um computador verificar, mas muito difícil para ele resolver.

Os outros problemas milionários são  a conjectura de Hodge, que envolve geometria algébrica; a existência de Yang-Mills e a falha na massa, que está ligado à teoria quântica de campos; a existência e suavidade de Navier-Stokes, envolvendo mecânica de fluidos e a conjectura de Birch e Swinnerton-Dyer, que foi demonstrada em 1965 e ainda não tem solução. [KnowledgeNuts]

Responder