Titanic ganhará uma réplica moderna que viajará da China para Dubai

0
114

O bilionário magnata Clive Palmer, da Austrália, tem um plano audacioso para criar o sucessor do famoso navio Titanic. O ‘Titanic II‘, como foi nomeado o projeto, era esperado para 2016, mas devido a um atraso por motivos de menor importância (de acordo, com um porta-voz de Palmer), ele deve ficar pronto apenas em 2018.

O Titanic II terá aparência muito semelhante a do navio original, que afundou em 1912 depois de se chocar contra um iceberg, naquele que talvez seja o acidente marítimo mais famoso da história, rendendo um filme conhecido mundialmente. No entanto, o sucessor do Titanic será um pouco mais largo do que o original, para se adequar às normas regulamentadoras atuais.

“O novo Titanic terá, obviamente, procedimentos modernos de evacuação, controles por satélite, navegação digital, radares, e tudo que você espera de um navio do século 21′, disse James McDonald, diretor de marketing da companhia Blue Star Line, de Palmer.

O navio terá 270 metros de comprimento, 53 metros de altura e pesará 40 mil toneladas. Ele terá nove andares e 840 cabines capazes de acomodar 2400 passageiros e 900 funcionários. Os passageiros contarão com banheiras, piscinas e ginásios.

O Titanic II, bem como o original, venderá tíquetes de primeira, segunda e terceira classe, mas não viajará de Southampton para Nova Iorque. Em vez disso, fará um trajeto entreJiangsu, na China, para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Alguns parentes de pessoas que faleceram no Titanic não encararam com bons olhos e ideiada criação de uma réplica do histórico navio. No entanto, McDonald disse já ter recebido uma resposta favorável.

A Blue Star alega já ter recebido sondagens de potenciais passageiros, com alguns oferecendo até 640 mil libras (3,7 milhões de reais) por uma chance de estar na viagem inaugural. [BelfastTelepraph]

Responder