Trem invisível fará sua primeira viagem em 2018

0
234

Em 2018, acontecerá no Japão a primeira viagem de um trem invisível. Tudo isso graças a Kazuyo Sejima, arquiteta vencedora do Pritzer (prêmio que é considerado o Nobel da arquitetura).

Kazuyo pretende criar um design que se adapte a paisagem ao redor, tanto que o objetivo é fazer o trem parecer invisível.

E como isso vai ser feito?

Bem, o plano é cobrir todo o trem com painéis super refletores de luz e micro espelhos. Com isso, os equipamentos irão refletir toda a paisagem ao redor do veículo.

Desse modo o trem acabará se misturando com a paisagem, ficando praticamente irreconhecível e imperceptível.

Parece que vai demorar, não é? Mas é como eu disse no início do post, tudo isso deve acontecer em 2018, ou seja, faltam apenas dois anos para que essa ideia inovadora entre em ação.

E sabe por que?

Porque nenhum trem invisível será criado, Kazuyo pretende modificar apenas os trens já existentes da linha expressa Red Arrow, da empresa Seibu Railway. Essa é a mesma linha que liga Tóquio a cidades próximas.

Apesar de parecer simples o processo de modificação, os envolvidos no projeto terão um certo trabalho. Todo o design dos trens será modificado para se parecerem com uma bala, isto é, ficarem mais arredondados.

E, é claro, o lado exterior será revestido pelos painéis.

Já no lado de dentro, o objetivo é que as cabines se pareçam com a sala de uma casa, com direito a sofás e mesas confortáveis.

Responder